terça-feira, 2 de outubro de 2012

Eu escrevo porque...


Eu gostava de escrever. E gosto. Quando escrevo consigo transmitir melhor o que sinto do que quando falo. Quando escrevo pondero melhor. Posso escrever e apagar. Quando falo, não posso rebobinar. Falar é complicado, e expõem-nos mais do que quando escrevemos. Quando escrevemos só mostramos a quem queremos, quando queremos.

Eu gostava de escrever. E gosto. Só que agora olho para o que escrevia, e tudo me parece ridículo e sem sentido. Olho para o que escrevo e às vezes não sinto que tenha qualidade suficiente para ser lido, nem mesmo por mim.

Tenho a cabeça mais desarrumada agora. Antes não existia stress. Escrever sobre mim parece-me egocêntrico e desinteressante, sobretudo se for sobre problemas, parece-me tudo demasiado dramático e vitimizante. Escrever sobre os outros parece-me algo que não me compete. Escrever sobre o Mundo, ou sobre a vida penso que é demasiado ambicioso, afinal, quem sou eu para falar de coisas, quando sou uma insignificante criaturinha que nada sabe sobre tudo isto?...

Afinal escrevo para quê? Não encontro nenhuma razão plausível para ter esta necessidade. Mas a verdade é que me sinto bem ao fazê-lo. Não, não é algo que pense que pode contribuir para a felicidade ou evolução da Humanidade. Para esse efeito, pretendo fazer outras coisas. Escrever faz-me bem a mim. Afinal, também faço parte da Humanidade, e à falta de melhor, também não maço ninguém, se for preciso, sou eu a minha única leitora.

Isto tudo são só coisas que me passam pela cabeça às vezes, mas é mesmo só isso, passam, e depois volta tudo ao normal…

3 comentários:

Danielle De Sotti Novais disse...

Sei que devo ser a última pessoa que deveria estar a dizer isso pois também não o faço, mas acho que quando temos talento e gostamos das coisas que fazemos não podemos perder a chance de o fazer. Acho que, se gostas de escrever, escreva. Sobre ti, sobre os outros, sobre o mundo, sobre animais, séries, o que interessa? escreva sobre qualquer coisa mas escreva, mesmo porque podes ver pelo que as outras pessoas escrevem não vai dar tudo ao mesmo?
Ah e queres um motivo do porque escreves?
Escreves porque gostas, não chega? Pra mim acho que é motivo suficiente, mas pronto isso sou eu e como disse no começo sei que sou a última pessoa que deveria estar a dizer isso porque também não faço o que gosto!

Bjinhos
Dani :D

Filipa C disse...

oh que querida :) tens razão babe, já sabes como é esta cabeça, cheia de macaquinhos...
vou escrever até que os dedos me doam! xD

Danielle De Sotti Novais disse...

Pois sei loool ...Espero bem que sim :D