terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Sugestões de Natal

Há quem critique imenso o Natal por ser uma época consumista. Na verdade, as pessoas são consumistas e transformaram o Natal nisso mesmo. Também há quem critique as pessoas que não praticam a religião católica por celebrarem o Natal. Não sou religiosa, mas fui criada numa família católica, desde sempre que em minha casa e na minha família o Natal é uma tradição e um momento de reunião. E para mim é esse mesmo o significado do Natal. Obviamente que acho piada às lembrancinhas (adorava quando recebia pijamas da minha avó!), mas é isso mesmo, lembrancinhas. Para mim tem muito mais significado e valor se alguém me tiver feito algo, ou comprado alguma coisa, por mais baratinha que seja, só porque sabe que vou gostar. E é isso que tento fazer às pessoas a quem dou presentes. Para mim essencialmente o Natal é uma altura feliz, mesmo que não celebre o nascimento de Cristo, celebro o facto de ter a minha família toda reunida, de poder cozinhar para eles, pensar nos presentes, cantar músicas de Natal e ter as ruas e as casas todas enfeitadas. Na realidade a parte que mais gosto do Natal é aquele momento em que eu e as pessoas que amo estamos na cozinha, entre conversas, rabanadas, risos e filhoses. Isto para mim é a essência do Natal e é uma das épocas mais calorosas do ano. Este ano lembrei-me de dar como lembranças duas coisas: chá de Natal e bolachinas de gengibre e canela. Sabe sempre bem, e é um miminho muito natalício. Em princípio vai ser tudo feito esta semana, deixo-vos as receitas e as imagens daqui a uns dias, mas fica aqui a sugestão, e há imensas receitas por essa internet fora destas duas coisinhas.





5 comentários:

S* disse...

Para mim o Natal inclui prendas, sim, mas é acima de tudo uma época de muito amor. <3

S* disse...

Para mim o Natal inclui prendas, sim, mas é acima de tudo uma época de muito amor. <3

Fifi disse...

Exactamente S*, é isso!

AvoGI disse...

Nós é que fazemos com que o natal seja uma época co sumista. Quem não gosta de receber uma prenda nesta época
Kis:=)

Fifi disse...

Uma coisa é gostar de receber um miminho, outra coisa é isso ser a principal motivação no Natal. Há muito boa gente por ai a endividar-se para comprar presentes, quando na minha opinião, o preço das prendas não é o mais importante.